A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo assinou nesta semana um convênio com 27 cidades da região de Presidente Prudente, medida que deve proporcionar a revisão e atualização dos Planos Municipais de Saneamento: Serviços de Abastecimento de Água Potável e de Esgotamento Sanitário.

 

Os estudos serão realizados nas cidades que são reguladas e fiscalizadas pela Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento Básico e Energia do Estado de São Paulo). Conforme o governo do Estado, os municípios devem designar uma equipe técnica e que deverá compor o Grupo Executivo Local, o qual fornecerá as informações necessárias, bem como acompanhará o desenvolvimento dos trabalhos para a execução do estudo.

 

Serão avaliados riscos epidemiológicos, ambientais, hidrológicos, socioeconômicos e as causas das deficiências apontadas nos sistemas de água e esgoto, além de modernizar os planos e torná-los compatíveis com a realidade.

 

Os municípios contemplados são: Adamantina, Alfredo Marcondes, Caiabu, Emilianópolis, Estrela do Norte, Euclides da Cunha Paulista, Flora Rica, Flórida Paulista, Inúbia Paulista, Lucélia, Mirante Paranapanema, Narandiba, Osvaldo Cruz, Piquerobi, Pirapozinho, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Regente Feijó, Ribeirão dos Índios, Rosana, Salmorão, Santa Mercedes, Santo Expedito, Taciba, Tarabai e Teodoro Sampaio.

 

 

Fonte: Fonte: Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *