Acontece nesta amanhã (12) a partir das 15h, no site da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) uma audiência pública que contribuirá para estabelecer um plano de concessão nos aeroportos do Estado paulista. O Aeroporto Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, faz parte desse projeto. São previstos o investimento de R$177 milhões em obras nos 22 aeroportos, sendo R$63 milhões devem ser investidos nos três primeiros anos do contrato.

 

 

 

Em 2009, o aeroporto prudentino ganhou uma reforma que permitiu a ampliação da pista e operacionalização, porém, com o passar dos anos, o aeródromo tem ampliado seus voos e a demanda de cerca de 35 mil embarques e desembarques por mês, sendo considerado o terceiro do interior paulista com maior movimentação. Dessa forma, há anos a sociedade civil, entidades e governo municipal reivindicam novas adequações na pista (largura e inclinação), ampliação no terminal de passageiros e modernização dos equipamentos e navegação aérea. O objetivo e é tornarmos uma referência cada vez maior.

 

 

 

Em 2019, o governo municipal doou uma área de 248.957,97 metros quadrados ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp). O projeto possibilita a construção de um novo terminal de passageiros e a construção da sede própria da Receita Federal no município, fazendo com que Prudente seja um polo de distribuição (posto alfandegário) e internacionalização.

 

 

 

Portanto, uma concessão permitiria que o aeroporto prudentino tenha um novo saguão no final da Avenida Coronel José Soares Marcondes, integrando com o projeto da Receita Federal. Com essa modernização, será beneficiado com um HUB, constituindo conexão de voos para as companhias aéreas; e transportes de carga multimodal.

 

 

Participe em:  www.artesp.sp.gov.br

 

One thought on “Artesp realiza audiência pública nesta terça-feira. Toda sociedade prudentina pode enviar sugestões”

  1. É uma necessidade real, uma única sala de embarque que fica super-lotada e em dia chuvoso todos são obrigados a tomar chuva, sem condições para embarque de idosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *