Foi lançada na manhã desta quinta-feira (28), no auditório do Centro Cultural Matarazzo, a campanha de Mobilização e Incentivo a Destinação do Imposte de Renda ao FMDCA (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente), idealizada pelo Governo Municipal, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Grupo de Empresários e Profissionais Amigos da Criança (GEPAC). Representada pelo presidente Marcos Lucas, a União de Presidente Prudente e Região (UEPP) compareceu na solenidade.

 

 

Conforme a Ariane Lopes Vieira Jacintho Toledo César, presidente do CMDCA, atualmente, em torno de 2,4 mil crianças e adolescentes são atendidos em entidades assistenciais de Prudente. “Destinar parte do Imposto de Renda, seja de pessoas físicas ou jurídicas, visa arrecadar recursos para financiar projetos para uma formação cidadã”, disse.

 

 

Representando o Gepac, o contador Sergio Itio Turuta ressaltou a importância da participação dos contadores e da sociedade civil. “Temos capacidade de arrecadação de quase R$17 milhões só em Presidente Prudente, entretanto, não passamos da casa dos R$2milhões, por isso, temos muito a caminhar e contamos com a colaboração de todos para mudar nossa realidade com valores que poderiam ficar na cidade, para financiar projetos que atendem crianças e adolescentes”, salientou.

 

 

 

O delegado da Receita Federal, Dr. Fábio Eduardo Boschi, enfatizou sobre a importância dos repasses do IR para que sejam investidos do município, contribuindo também para verificar o resultado in loco. Conforme, o ano de 2018 foi observado que apenas R$700 mil (dos R$1,5 milhão) foram arrecadados das pessoas jurídicas. De acordo Boschi, apesar de o Brasil estar numa certa paralização, o recurso continua circulando. “Conclamo a todos a trazerem novamente as pessoas jurídicas para destinação”, pontuou.

 

 

 

Autoridades

 

Compuseram a mesa Douglas Kato (vice-prefeito); presidente da Câmara Dermerson Dias; Dra. Flávia Alves Medeiros (Juíza da Vara Infância e Juventude); Dr. José Wagner Parrão Molina (Juiz de Direito); Dr. Luiz Antônio Miguel Ferreira (Promotor de Justiça Aposentado – Advogado/Consultor); Dr. Fábio Eduardo Boschi (Delegado da Receita Federal); Fabiana Macedo (Secretária SAS); Ariane Lopes Vieira Jacintho Toledo César (Presidente do CMDCA); Monsenhor José Antônio (Mitra Diocesana); Sergio Turuta (Contador).

 

 

Arrecadação

 

A arrecadação é realizada em duas etapas, sendo a primeira até o dia 30 de dezembro do ano atual (pessoas físicas doam até 6%), e em segundo, até o dia 30 de abril do ano seguinte (a destinação de até 3% é feita no próprio aplicativo da declaração do IR). Para pessoas jurídicas, a destinação deve ser de até 1% em cima do valor do lucro real.

 

 

Serviço

 

Os interessados em colaborar com a campanha ou os que ainda tenham dúvidas podem acessar o endereço www.gepac.org.br. Outras informações no Disk-Gepac: 2104-9911.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *