O Aeroporto Estadual Adhemar de Barros, em Presidente Prudente, está cada vez mais próximo de ser ampliado e melhorado. Por meio de lei, nesta quarta-feira (18), o prefeito Nelson Bugalho publicou a doação de uma área de 248.957,97 metros quadrados ao Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp).

 

 

Conforme, o objetivo é que a área seja integrada ao aeroporto, em busca de uma melhor estrutura, possibilidade da construção de um novo terminal de passageiros, e que fará parte do projeto de privatização do Estado de São Paulo. “É inquestionável que a doação incrementará o interesse da iniciativa privada e investimentos superiores aos já anunciados [R$ 60 milhões] poderão ser atraídos”, salienta Bugalho.

 

Com o crivo da Câmara Municipal nesta segunda-feira (16), o Projeto de Lei 1057/17, alterou a destinação de área especificada na Lei 6.907/2008, antes doada à Fazenda do Estado de São Paulo para a construção de um novo Fórum, e foi destinada para o projeto de ampliação do aeroporto da cidade.

 

Atualmente, o aeroporto registra 35 mil embarques e desembarques por mês, considerando Prudente como o terceiro do Interior em demanda de passageiros, que tem à frente Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

 

 

Privatização

A expectativa é que em abril ou maio de 2021, a gestão do aeroporto esteja 100% sob o poder da iniciativa privada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *