Para impedir a transmissão do novo coronavírus, o governo de Presidente Prudente seguiu o aconselhamento do Ministério da Saúde e decretou quarentena em todo município. No entanto, o isolamento social abre portas para uma questão: como ficam as pessoas em situação de rua e as famílias de baixa renda?!

 

 

Conforme o prefeito Nelson Bugalho, os cerca de 200 moradores de rua, que antes recebiam alimento de entidades assistenciais da cidade, agora, estão em total abandono devido ao isolamento social. Por isso, a partir desta quarta-feira (25), o Parque de Uso Múltiplo (PUM) será cedido para que essas pessoas em situação de rua fiquem acolhidas, com café da manhã, kit de alimentos e higiene.

 

 

 

Para contribuir, Bugalho pediu a colaboração dos cidadãos, por meio do Fundo Social de Presidente Prudente. Portanto, é solicitado a doação de materiais de higiene (pessoal e limpeza) e alimentos não perecíveis. A UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região) se solidariza com os mais vulneráveis da nossa sociedade e ajuda a divulgar esta ação.

 

 

Pontos

 

Quem puder contribuir, basta deixar a doação em um carrinho que estará em frente ao prédio do Fundo Social, localizado na Rua Napoleão Antunes Ribeiro Homem, 431 – Jardim Marupiara, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

 

A relação de outros pontos de coleta (como supermercados e farmácias) será divulgada nesta quinta-feira no site da prefeitura www.presidenteprudente.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *