Faltando dois meses para o encerramento do cadastramento biométrico, até o momento, 52 mil eleitores ainda não estão regularizados no município de Presidente Prudente. A data final será em 19 de dezembro.

 

Conforme o chefe de cartório da 101ª ZE (Zona Eleitoral), em Prudente, Fabiano de Lima Segala, sem o cadastramento biométrico, as consequências são diversas. Além do bloqueio do CPF, o eleitor inadimplente fica impossibilitado de: movimentar recursos em conta bancária (benefícios sociais), tirar passaporte, fazer matrícula em faculdade, obter empréstimos em banco público, tomar posse em concurso e exercer atividades que conselhos de classe exigem a quitação eleitoral.

 

Na região, o cadastramento biométrico começou em 24 de agosto de 2015, sendo assim, quem tirou o título de eleitor depois dessa data, a biometria já foi registrada. Para conferir, basta verificar a palavra “Cadastramento Biométrico” no documento. “Quem deixar regularizar com a Justiça Eleitoral nos últimos dias, correrá o risco de ficar de fora”, alerta Segala.

 

Pontos de atendimento

 

Até o dia 31 de outubro, a Câmara Municipal será ponto para o cadastramento. O atendimento é de segunda a sexta, das 9h às 17h.

 

Normalmente, os cartórios eleitorais 101ª e 402ª funcionam de segunda a sexta, das 9h às 18h, sem agendamento. Um sábado por mês há plantão nos cartórios, sendo o próximo em 19 de outubro (nesse caso, há necessidade de agendamento).

 

Em ambas as circunstâncias, o eleitor deve levar RG, Título de Eleitor e comprovante de endereço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *