O turismo é um dos maiores indicativos de geração de renda em um município. Segundo a Prefeitura de Presidente Prudente, para viabilizar a implantação do Centro de Integração Turística (CIT), o Recinto de Exposições Jacob Tosello agora é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e não mais da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedepp).

 

Conforme o projeto do executivo municipal, o CIT será um distrito com hotéis, espaços de conveniência e galpões para eventos, contribuindo com o turismo regional, de acordo com os interesses dos empreendedores de Prudente e região.

 

A transferência ocorre ao mesmo tempo em que avança o processo de Licença Ambiental do Parque Ecológico da Cidade da Criança. A intenção é colocar a área do Complexo Turístico no modelo de concessão, ou seja, migrar para a iniciativa privada, já que o local gera uma despesa anual de R$ 8 milhões para os cofres da Prefeitura.

 

 

Conforme o Presidente da UEPP, Marcelo Fritschy, é indispensável a transparência e participação da sociedade civil organizada tanto no CIT quanto no processo para futura concessão. “A entidade apoia zerar o déficit com os cofres públicos, por entender que o parque é um grande potencial no desenvolvimento turístico do município, e que na iniciativa privada, haverá mais investimentos e melhoria na qualidade de atrativos e prestação de serviço para a população”, destaca Fritschy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *